Seminário da ACD prossegue nesta sexta-feira com participação do coordenador do Sintrajufe

O Seminário Nacional da Auditoria Cidadã da Dívida (ACD), que marca os 20 anos da ACD e seu trabalho fundamental que desvela, durante todo esse tempo, o sistema da dívida como um mecanismo que drena a riqueza brasileira e impõe em seu lugar arrocho aos trabalhadores e contrarreformas que retiram os direitos da população, terá seu quinto e seu sexto painéis realizados nesta sexta-feira, 25 de junho.

A programação vem acontecendo de modo virtual através do canal da Auditoria Cidadã no YouTube (os links para os painéis desta sexta serão disponibilizados a seguir).

É hora de virar o jogo

Pela manhã, a partir das 9h, acontece o painel Centralidade do Sistema da Dívida no modelo econômico que amarra o Brasil e a urgência da auditoria integral com participação social.

Além de parte do Seminário Nacional, este painel, explicativo e didático sobre os temas abordados pela ACD, faz parte da Campanha É Hora de Virar o Jogo, que tem o objetivo de “mostrar a necessidade de mobilizar a sociedade para modificar o modelo econômico atual, o qual tem produzido escassez, miséria e atraso, que não combinam com a abundância que existe em nosso país“.

Dele participam o professor Orlando Oscar Rosar (UFMA), membro do Conselho Fiscal da APRUMA, e Saulo Arcangeli, também professor universitário (UEMA), membro da Coordenação Geral do SINTRAJUFE MARANHÃO e da CSP-Conlutas.

Além deles, estarão presentes Rafael Muller, que explicará o papel do Banco Central na alimentação do sistema da dívida, e Rodrigo Ávila, que demonstrará como o discurso falacioso da dívida pública é repassado para a sociedade como algo inescapável e até mesmo necessário.

Contrarreformas, privatizações e desconstitucionalização de direitos

À noite, a partir das 19h, também nesta sexta-feira, acontece o 6º painel, sobre os privilégios do sistema da dívida e o desmonte do Estado.

Dele participarão o professor (UFMA) e médico Antonio Gonçalves, ex-presidente da APRUMA e do ANDES SINDICATO NACIONAL, que falará sobre o papel das contrarreformas nesse cenário; a professora Juliana Teixeira, que abordará, por sua vez, as privatizações; e o prof. Antônio Gomes de Vasconcelos, que fechará o painel falando sobre a retirada de direitos sociais da Constituição.

A seguir, o acesso aos painéis através do canal da ACD. As salas estarão abertas pouco antes do início de cada evento:

 

 

 

Com informações ACD, Apruma e Sintrajufe Maranhão