Sintrajufe convoca categoria para atos do 30 de Maio em Defesa da Educação Pública e contra a reforma da Previdência

Pauta Nacional

Estudantes e trabalhadores da Educação Pública organizam em todo o país, nesta quinta-feira, o Segundo Dia Nacional de Luta em Defesa da Educação Pública.

As mobilizações desta data, além das pautas contra os cortes de verbas para o setor (que podem inviabilizar no surto prazo o funcionamento de universidades e institutos federais, além de atingir a educação básica e fundamental) e perseguições ao trabalho docente, são também contra a reforma da Previdência, que confisca as aposentadorias nos setores público e privado e as entrega aos bancos.

Dessa forma, como aprovada em assembleia toda a unidade contra este ataque, o Sintrajufe conclama a todos os servidores a se somares aos atos:

* Em São Luís, as atividades começam às 9h na Praça Deodoro, com a mostra científica Ciência na Rua, que mostrará diretamente à população as pesquisas desenvolvidas nas universidades, escolas e institutos públicos, demonstrando a relevância do investimento em Educação Pública: no Brasil, 90% das pesquisas produzidas são feitas em universidades e institutos públicos.

* À tarde, a concentração será no mesmo local, a partir das 15h, para o Ato em Defesa da Educação Pública e contra a reforma da Previdência.

Durante o Ciência na Rua, além da apresentação de pesquisas, lançamentos de livros, e prestados serviços à população, como aferição de pressão arterial, plantão psicológico, distribuição de cartilhas sobre os ataques contidos na proposta de contrarreforma da Previdência, coleta de assinaturas para o abaixo-assinado nacional contra essa proposta e mostrado na calculadora da Previdência o quanto a PEC 06, que trata do tema, atinge o tempo que os trabalhadores têm para se aposentar.

O Sintrajufe estará com uma tenda no local pela manhã, juntamente com o Sindicato dos Bancários, coletando assinaturas para o abaixo-assinado, distribuindo cartilhas de bolso sobre a contrarreforma da Previdência, demonstrando na calculadora da aposentadoria como o trabalhador será atingido no tempo que falta para se aposentar e dialogando com a população sobre esses ataques. Os servidores estão convocados a se somar neste importante espaço.

Outras cidades seguirão roteiro semelhante, com distribuição de material à população e realização de atos.

* Em Bacabal, por exemplo, a concentração será às 15h30 na Praça Silva Neto (praça do Armazém Paraíba);

* Em Imperatriz, na Praça de Fátima, às 16h30, para grande marcha até a Beira-Rio.

Compareça e defenda seus direitos, os direitos de sua classe e os de sua família!